Pixar Wiki
Advertisement

As Aventuras de André e Wally B. (The Adventures of André and Wally B. em inglês) é um curta-metragem animado feito pela The Graphics Group, subsidiária da Lucasfilm que eventualmente se tornaria a Pixar. Considerado revolucionário para sua época, fez renascer o interesse da indústria cinematográfica nas animações. Foi lançado em julho de 1984 na SIGGRAPH, uma conferência anual de computação gráfica realizada na cidade de Minneapolis, Minnesota.

Sinopse[]

Em meio a uma floresta, André acorda e logo é surpreendido por um zangão chamado Wally B. Distraindo-o, André rapidamente foge do zangão, mas é perseguido. Fora da tela, ouve-se uma colisão, e logo depois, Wally B. aparece com seu ferrão torto. Em seguida, André atinge o zangão com seu chapéu, encerrando o curta.

Produção[]

O conceito do filme e a direção são atribuídos a Alvy Ray Smith, John Lasseter é responsável pela animação, com Bill Reeves na liderança técnica. Ele é notável por aplicar motion blur em animação computadorizada pela primeira vez e pelas paisagens complexas em 3D, inspiradas por Maxfield Parrish), pintor americano que esteve em atividade na primeira metade do século XX.

Lançamento[]

O curta estreou em 1984 na conferência anual da SIGGRAPH[1], mas cerca de 6 segundos do filme estavam incompletos e foram preenchidos com técnicas tradicionais de animação.[2] Uma versão completa do curta foi lançada um mês depois no Festival Internacional de Animação de Toronto em 17 de agosto.

O filme chegou ao Brasil mais de 10 anos depois pela coleção Tiny Toy Stories, lançada nos Estados Unidos em 1996 e no Brasil em 1997 por VHS, reunindo os curta-metragens produzidos pela Pixar antes do lançamento de Toy Story. Mais tarde, em 2007, o curta foi lançado novamente em vídeo por DVD e blu-ray pela Coleção de Curtas da Pixar - Volume 1.

Referências[]

Advertisement